Nossa história

Literatura Comunica! é um projeto de educação e comunicação populares que atua no incentivo à leitura, produção textual e difusão da literatura brasileira, sobretudo, quando oriunda das classes populares. O projeto foi criado no Rio de Janeiro, em 2013, pela educadora e comunicadora popular Miriane Peregrino e, atualmente, suas ações se desdobram em quatro frentes (ver abaixo). As quatro frentes de ação geram rico material textual, sonoro, fotográfico e audiovisual que organizamos e disponibilizamos como reportagens, artigos, depoimentos, episódios do podcast,  vídeos e exposições que facilitam a difusão do debate literário e são os instrumentos de uma Literatura que Comunica!

1. Rodas de Leitura 

As rodas de leitura foram o embrião do projeto Literatura Comunica! Elas  tiveram início em 2013 quando  Peregrino atuava nas favelas da Maré e do Cerro Cora, no Rio de Janeiro. Em 2015, já sob o nome “Literatura Comunica”, o primeiro material didático sobre os diários da escritora Carolina Maria de Jesus foi produzido e as rodas de leitura passaram a ser realizadas como oficinas de leitura em equipamentos culturais e escolas de outros municípios do estado do Rio de Janeiro. Entre eles, Niterói, São Gonçalo e Maricá. Desde então já foram realizadas rodas de leituras em mais de 50 equipamentos culturais e/ou educativos num circuito entre Brasil, Angola, Moçambique e Portugal.

2. Exposições 

Literatura e artes visuais, unidas, são linguagens que amplificam a difusão de autores e obras literárias. Por isso, a realização de exposições de cunho educativo é uma frente do nosso projeto. Nossa primeira exposição independente foi “Literaturas de viagem: Haiti” realizada em 2015 no Rio de Janeiro. Mas em 2014, Peregrino co-organizou a exposição “Da Maré ao Canindé, inspiração para as periferias” no Museu da Maré. Em 2018, essa exposição foi remodelada e passou a fazer também uma homenagem a artista Ana de Souza nos centros culturais do Brasil em Angola e Moçambique. No ano seguinte, Raíza Barros fez a última montagem em Portugal como parte das atividades do Festival Feminista de Lisboa.

3. Jornal Literatura Comunica! 

Nosso jornal literário foi criado em 2019 e teve projeto gráfico de Anísio Borba. É um jornal semestral e temático, ou seja, cada número forma um dossiê sobre um tema ou gênero literário. Sua tiragem de mil exemplares é distribuída gratuitamente, sobretudo, em equipamentos públicos de educação e cultura. O primeiro número do Jornal Literatura Comunica! foi lançado em 30 de junho de 2019, durante o Slam Maré Cheia, no Parque União, Rio de Janeiro. A impressão contou com apoio do Prêmio Culturas Populares 2018, então do Ministério da Cultura. Todos os números tem versão digital.

4. Podcast #CabeMais 1 

“Cabe Mais 1” é um podcast sobre literatura e cotidiano, dentro e fora dos livros. Nossa estreia aconteceu durante a pandemia de 2020 e toda produção foi realizada entre dois países – Brasil e Alemanha. A série de estreia, “Diários de Emergência Covid-19“, teve 5 episódios e participação de vários colunistas com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro (SECEC-RJ). Em 2021 estreamos a série “Calendário Literário” na qual apresentaremos datas comemorativas da literatura brasileira. Também está em curso a série “Performances em falares portugueses” que traz o processo de pesquisa acadêmica da apresentadora. O podcast tem edição e mixagem do Thiago Kobe/Estúdio Batuque de Vila.